Presidente da Câmara de Santa Luzia abandona sessão, após reivindicação dos professores

Nessa segunda-feira (12) a Câmara Municipal de Santa Luzia, passou por um momento atípico na Câmara dos Vereadores.  Na sessão do dia, estava em pauta um projeto de lei onde assegura a sub vinculação dos 60% dos precatórios do FUNDEF para ser rateado para os professores. A elaboração foi feita pelos vereadores a pedido dos professores, tendo em vista a má vontade da gestora França do Macaquinho em fazer a divisão justa para os profissionais da educação.

 

 

Numa medida de boicotar a aprovação do projeto, o então presidente vereador Almir da Floresta, que faz parte da base aliada da prefeita, veta a colocação do referido projeto para que não entre em pauta na ordem do dia.  A categoria de moda organizada e pacífica, pegou-o de surpresa e adentrou os reivindicadores, onde, em coro, pediram por “votação do projeto já”.

O Presidente da Câmara não aguentou a pressão e abandonou o recinto.

Após isso, os parlamentares obedecendo o regimento interno da casa, marcaram uma sessão extraordinária que tratará da votação para garantir que a prefeita sorrateira “não passe a mão” de forma indevida nesse recurso.

 

 

 

 

Comentários

Comentários

Comente

%d blogueiros gostam disto: