Seleção Brasileira encara os peruanos na madrugada de terça para quarta-feira (11)

A Seleção Brasileira se prepara para enfrentar o Peru pela terceira vez em 2019. Foram dois confrontos durante a Copa América e duas vitórias da equipe comandada por Tite. Nesta segunda-feira (9), véspera do novo enfrentamento, o técnico falou sobre o que espera para esta partida.

“O Peru cresceu muito nas eliminatórias. Cresceu como equipe. Se consolidou. Gareca tem feito grande trabalho. Vai ser um grande jogo de novo. Pode perder algumas peças, o Guerrero, mas há outros jogadores com qualidade. Mantém-se a estrutura básica da equipe”, disse Tite, lembrando que o principal jogador peruano não foi convocado.

Depois de vencer os peruanos por 5 a 0 e 3 a 1 na Copa América do Brasil 2019, esta última ainda sendo a final da competição, o técnico Tite sabe que do outro lado pode haver um sentimento de revanche. Algo que ele considera normal.

“Se eu estivesse do outro lado, teria esse sentimento de revanche, mas com lealdade. Não tem por que dar porrada. Quero jogar para mostrar que sou melhor. Se fosse o contrário, também teria. Como se faz de forma leal, é outra história. É salutar. Leva pressão”, analisou.

Do lado brasileiro, o técnico pensa em fazer algumas mudanças em relação ao time que começou a partida contra a Colômbia, na última sexta-feira (6). O resultado foi um empate em 2 a 2, com gols de Casemiro e Neymar.

“Oportunizar é sim uma possibilidade grande de acontecer. Sabendo da grandeza do jogo, de repetir final de Copa América, em manter estrutura básica, mas com modificações sim. Quero manter a estrutura da equipe, para um reencontro com a devida competitividade. Pode ser em torno de quatro atletas”, cravou.

Nesta segunda-feira, Tite comanda o último treino antes do amistoso. O trabalho será realizado no Banc of California Stadium, casa do Los Angeles F.C. Já o duelo com os peruanos será na terça-feira (10), no LA Memorial Coliseum, às 20 horas.

Comentários

Comentários

Comente

%d blogueiros gostam disto: